Jogar rima com casar

(matéria da Ana Luísa Cruz publicado originalmente na intranet da tecnologia do bb)

Existe vida gamer após o casamento? Ou depois do matrimônio só resta mesmo o game over? O colega Ricardo Seiti, é a prova de que é possível conciliar a vida de casado e a de jogador. E para dividir essa experiência com outros maridos na mesma situação, ele criou o blog casadoquejoga.com, que apesar de não estar disponível para acesso no BB, merece uma visita de casa.

Casado há cinco anos, Ricardo conseguiu fazer com que sua esposa, que não suportava games, passasse pelo menos a aturá-los. No blog, ele registra as situações tragicômicas da vida de um gamer casado, além de tecer análise de jogos, mostrar trailers e dar muitas dicas.

“O blog nasceu com o propósito de relatar causos da vida gamer de um casado que joga. Aos poucos, foi ganhando mais posts com notícias e dicas sobre jogos para o público de 30 a 40 anos, casado, que tem pouco tempo para jogar”, conta.

Após três anos de existência, o blog já conta até com colaboradores, que escrevem uma ou duas vezes por mês. Mas o editor principal ainda é o criador Ricardo. Um dos diferenciais do site, é que os autores estão sempre presentes, participando de fóruns e procurando solucionar as dúvidas dos leitores.

Um atrativo que virou tradição no casadoquejoga.com é o multiplayer de GranTurismo 5 às sextas-feiras. “Mas o número de ausências dentre os que confirmaram presença é sempre alto”, conta Ricardo. “Casado que joga tem uma vida imprevisível. Uma hora é o filho com febre, outra a esposa inventa uma festa ou aparece um churrasco da empresa”, explica.

Ninguém confere as desventuras dos jogadores casados sem soltar boas gargalhadas. O blog é tão interessante que já foi citado até em matéria do jornal Correio Braziliense.

E para dar um gostinho, confira alguns dos posts já publicados no blog.:

Quebrou

Minha esposa liga apreensiva no meu celular logo de manhã:
– Amor, preciso te contar uma coisa.
Pensamento: lá vem bomba…
– O que aconteceu?
– Você não vai gostar, eu quebrei um negócio…
Imediatamente lembrei que tinha deixado o PSP carregando na sala, com o fio do carregador atravessando a mesa e o corredor…
– Foi o meu videogame pequeno não foi? (quando falo PSP ela nunca lembra ou faz que não sabe o que é, então já falo videogame pequeno ou “videogamezinho”)
– Não, pior.
Aí eu comecei a ficar preocupado… Pensei, só falta ela ter quebrado o 360 ou o PS3…
– Foi o preto ou o branco? (videogame p/ ela é tudo igual, por mais que eu tente explicar as diferenças, então PS3 é o preto e o 360 é o branco, fica bem mais fácil de explicar assim p/ ela).
– Pior ainda…
Nessa resposta dela só podia pensar uma coisa, ela no mínimo derrubou a estante da sala com toda traquinagem essencial p/ um gamer (PS3, 360, home theather, LCD, DV-R & cia) em cima do meu notebook e depois tacou fogo em tudo, só podia ser isso…
– Fala criatura, o que é pior que isso???
Quase chorando:
– Eu quebrei aquele cristal que a gente comprou na nossa lua de mel…
– Aaahhh tá. Depois a gente compra outro então…
– Mas você não tá bravo não? Vc tinha gostado tanto dele quando a gente comprou…
– Não amor, depois a gente compra outro.
Definitivamente as mulheres nunca vão entender as prioridades de um homem.

Sobre wishlists

Eu sempre faço wishlists e informo minha esposa p/ não ter aquela inevitável discussão “mais 1 joguinho” quando eles chegam em casa (um dia eu vou fazer tudo via download, mas minha esposa já começa a estranhar quando vê que estou jogando alguma coisa diferente)…
Os diálogos das minhas wishlists com minha esposa são mais ou menos assim:
– Vou comprar “jogo A”, “jogo B”, “jogo C” e mais 1 que não lembro o nome direito agora…
– Tudo isso????
– Sim, mas não vou comprar mais nenhum além desses…
Chega a primeira leva com “jogo A” e o que eu não lembrava o nome. Minha esposa reclama. Na 2a leva chega o “jogo B” e o jogo que eu não lembrava o nome. Minha esposa reclama de novo. Na 3a leva, como já sei que a mulher vai reclamar de qualquer jeito, chegam os outros 3 jogos que eu não lembrava o nome e deixo o “jogo C” reservado p/ comprar quando a mulher estiver nervosa e reclamar que eu não aviso que estou comprando mais jogos…. (pelo menos tenho a desculpa que “eu já tinha avisado que ia comprar…”).

Esposas X jogos novos

Dicas para aquisição de novos jogos:
(se vc for solteiro ou morar sozinho jamais entenderá as dicas abaixo)
– Enumerar uma lista de jogos e acrescentar um que “vc não lembra o nome”. Assim vc poderá comprar um jogo da lista e o que vc não lembra o nome. Na próxima vez que comprar, compra o da lista e o que vc não lembra o nome. E assim vai… Sempre lembrando de comprar o jogo que vc não lembra o nome todas as vezes que for comprar um jogo novo.
– Assim que tiver uma coleção considerável (considerável = esposa já não sabe mais enumerar ou diferenciar um jogo de outro, varia de caso a caso), assim que ela perguntar que jogo é esse vc responde que era um jogo que vc já tinha e que estava guardado, ou que vc não jogava muito.
– Esqueça de contar que comprou o jogo – funciona algumas vezes, utilizar o recurso moderadamente ou espaçando com outras dicas. Nunca usar essa desculpa em discussão de relacionamento ou crise de TPM.
– Falar que vai comprar o jogo, mas que o jogo é bom e que vale a pena, pois vc vai jogar bastante, vai te desestressar, a galera vai jogar junto – funciona melhor quando ela conhece os jogadores com quem vc vai jogar.
– Compre via download. É mais fácil comprar um cartão / créditos PSN/live e fazer o download do que comprar uma caixinha e deixar ela exposta como um trófeu p/ esposa contestar em plena TPM.
– Se comprar em sites internacionais, quando comprar em promo faça questão de mostrar p/ esposa. Mulheres adoram pechinchas, se vc mostrar p/ ela que pagou 10 libras (uns 25 reais) num jogo que custa 250 reais no Brasil, mesmo sendo um “joguinho”, ela ficará feliz por vc ter feito um ótimo negócio. Funciona como quando ela compra um sapato/bolsa na promoção só pq estava barato e acaba não usando aquele troço porque não combina com nada.
– Compre jogos, mas reserve um dia p/ dar atenção só p/ ela. Mas ao negociar o dia, deixe-o maleável. Vai que resolvem marcar uma jogatina bem na data que tinha reservado. Quebrar uma expectativa é pior do que não dar expectativa.
– Mulher funciona diferente dos homens (mulheres não-gamers ou não-geeks). Se vc tiver um dia estressante no trabalho e querendo chegar em casa, preparar o whisky e se afundar numa batalha qualquer para desestressar, se a mesma coisa acontencer com ela, provavelmente ela irá querer chegar em casa e conversar com vc. Não tem jeito. Converse. (se deixar p/ depois vai ser pior, acredite). Nem pense em mencionar que vc comprou mais alguns joguinhos. Deixe p/ depois.
– Compense-a quando comprar jogos. Um sapato, bolsa ou roupas novas são capazes de maravilhas. Funciona mais ou menos assim, quando comprar uma leva de jogos novos, convide-a para sair e pergunte se ela não está precisando de um sapato ou bolsa novos (duvido que mesmo que ela não precise vá dizer que não). Quando os jogos chegarem, lembre que assim como os sapatos/bolsas, os jogos também são “supérfluos necessários”.

Diálogos

Das vezes que tentei ensinar minha esposa a jogar:
GTAIV
– Então amor, aqui vc acelera e aqui vc breca.
– Legal. E como eu dou a seta p/ virar à direita?
MGS4
– Tá vendo o ratinho?
– Tô sim, bunitinho ele…
Bang! Dou um tiro no ratinho…
– Aaaaii! Vc matou o ratinho!!! Não faz mais isso!
– Mas amor, era de mentirinha, só p/ te mostrar.
– Não gostei do jogo, põe outro.
Dead Rising
– Atira no zumbi!
– Que zumbi?
– Naquele ali na tua frente, atira, atira!
– Mas ele não fez nada p/ mim…
Gears of War 2
– Este aqui vc recarrega a arma, este atira, este esconde, assim pula, aqui seleciona a arma e aqui controla a câmera e aqui p/ onde vai…
– Muito complicado. Tem aquele igual do computador, com cartas?
– Qual?
– Paciência!

Justificando compras

Recentemente quase comprei uma outra LCD pensando exclusivamente em jogar, pedi ajuda de alguns outros colegas casados pensando em como justificar tal compra para minha esposa (tenho uma LCD de 32 na sala, uma CRT de 29 num quarto e outra LCD de 17 noutro quarto – detalhe que somos apenas 2 em casa).
Levando-se em consideração que minha esposa não entende nem quer saber lhufas de resolução, entrada HDMI, tamanho de tela & cia, levantei as seguintes hipóteses para aquisição de uma LCD de 52 full HD:
1. Eu já tinha amor, é que ela tava guardada no armário e eu tirei agora p/ dar uma jogadinha (adaptação do que se pode fazer com os novos games que compro).
2. Ganhei numa rifa no escritório.
3. Tava em promoção, economizei quase R$ 250,00 (mas gastei R$ 8.500 em 12x).
4. Dar o mesmo valor p/ ela e mandar ela gastar no que quiser.
5. Comprar e já encomendar uma estante, sofá, mesa e cadeiras novos.
6. Esconder no armário e só abrir a porta p/ jogar depois que ela for dormir.
7. Usar de monitor no PC e tentar explicar que a minha produtividade no trabalho vai aumentar.
8. Me oferecer p/ lavar a louça p/ resto da vida (nessa nem eu acreditaria).
No final cheguei à conclusão que não teria como justificar a compra e acabei não comprando TV nenhuma… (vou deixar p/ ano que vem). De qualquer forma, qualquer sugestão nova será bem vinda…

Anúncios

14 Responses to “Jogar rima com casar”


  1. 1 ELSON 02/02/2012 às 07:28

    Boa Historia!!!

    As esposas são todas Iguais so mudam de endereço!!!!

  2. 2 Alex Antão 02/02/2012 às 09:19

    KKKK…

    Mais igual que as esposas são nossas desculpas e artimanhas ! hehehe

    Não sabia desse encontro de GT5 na sexta ! Que horas ? Poxa, mas será que só eu que sexta normalmente é dia de sair com a patroa ??

    Como me inscrevo ?
    OBS.: Sou “pereba” ainda…. ehe

    Parabéns pela matéria ! Adorei a história do cristal…

  3. 3 Blito 02/02/2012 às 11:11

    Boa! Parabéns!!!
    Sempre estou indiciando amigos casados o blog 😉

  4. 4 CJ 02/02/2012 às 13:54

    Muito bom!
    Realmente são histórias (leia-se desculpas hehehe) muito parecidas.
    Aqui em casa consegui faze minha esposa jogar um pouco. Baixei o demo do LittleBigPlanet para ela ver/jogar. Ela acabou gostando tanto que comprei o jogo de presente hehehe… Depois q ela virou ele comprei o LBP 2. Esse ela ainda não acabou.
    O legal é que nós dois acabamos passando um tempo juntos jogando estes games.
    Problema mesmo é só qdo eu estou louco para jogar CoD e ela quer jogar o dela hehehe.

    Abs

  5. 5 Thiago Feitosa 02/02/2012 às 14:45

    otima materia Seiti

  6. 6 André J. da Silva (@RealASilva) 03/02/2012 às 07:25

    Boa matéria! As desculpas mesmo… sempre iguais! Agora, desafio os outros casados a convencer a esposa jogar CoD! e ainda, torná-la crítica com o jogo! Ex: A minha não gostou do black ops pq a sniper era nerfada! kkkkkk

  7. 7 Danilo 06/02/2012 às 20:38

    Matéria muito boa e histórias muito engraçadas! Parabéns! 🙂

  8. 8 Jacapot (Farbem) 09/02/2012 às 22:58

    Inventei uma pra comprar aquele jogo indesejado pela esposa. Peço para entregar no endereço do trabalho ou de um amigo.
    Detalhe: ela nunca vai saber que foi eu que comprei, digo que é emprestado e tá resolvido, ela nunca sabe se o jogo é meu ou não.

  9. 9 Rafael 10/02/2012 às 09:21

    Ricardo,
    Sensacional o site e os comentários. Venho acompanhando o site há 4 meses e minha noiva dá algumas gargalhadas com as tirinhas. Achei este site pelo conteúdo das importações e acompanho direto o teu trabalho e o dos colaboradores no blog.

    Parabéns e que apesar dos contratempos continue postando este bom material que sempre lemos.

    Abraço.

  10. 10 Ana Luísa Cruz 10/02/2012 às 22:41

    Só agora vi que vc reproduziu a matéria aqui no blog! Mto legal! Abraços e parabéns!

  11. 11 RSeiti 12/02/2012 às 21:58

    Eu é que agradeço, valeu pela matéria. 🙂

  12. 12 RSeiti 12/02/2012 às 22:00

    Valeu Rafael !

  13. 13 Henrique 03/03/2012 às 10:10

    Engraçado demais!

    e olha que eu nem sou casado, creio ter no mínimo metade da idade que alguns leitores tem… mas digamos que isso me ajuda a ter uma idéia de como será minha vida!

    Tenho um PS3 e pasme minha namorada curte o Assasins Creed´! Óbvio que ela jogou só pelo celular e achou “legal”, mas enfim, depois de convencer ela a jogar PES2010 comigo, depois que chegou uma Sony 42″ na casa dela… é acho que estou em um bom caminho.

    continuarei acompanhando o blog com certeza!

    aé… comprei o AC2 pra jogar com ela…

    e depois do PS3 ela ficou com ciúmes da Lara Croft. ¬¬’

  14. 14 bruno guilherme 07/03/2012 às 22:30

    Legal….aqui em casa sou eu e me us gemeos q jogamos,bf3,uncharted e mw3,rola uma ciumeira danada,minha esposa pensa q posso conhecer alguma mulher na psn kkkkkkk


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 203 outros seguidores

Comentários

Ivan Carlos em Teste
Talvane em Teste
Raphael Aguiar em Teste
Renato Reish em Teste
Leonardo Passos em Teste
Leonardo Passos em Teste
Adriano Gorrasi em Teste
Luciano em Teste
Rodrigo Silveira em Teste
Papaidilda em Teste
ricardo em Logitech Driving Force GT
Ana em Patrulha Estelar (Star Bl…
Vitor em Comando do pessoal do blog no…
Karl Willy klumpp em Comando do pessoal do blog no…
anderson em Logitech Driving Force GT

Twitter – RSeiti

Twitter – Vitor

Twitter – Bruno Juliao


%d blogueiros gostam disto: